quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Tereza

Posso descrevê-la,
com toda clareza...
Pois sinto a pureza da tua alma...
A sintonia que inspira o concerto dos poetas...
Que horas são paixão e outras choram 
a desilusão inesperada...
Amiga amada!
Não existe distância que destrua a afinidade nem
maldade que impeça o " amor" de florescer...
A amizade é o melhor presente que a vida nos dá... Renata Saturnino.
Dedico esse poema a minha querida amiga: Tereza Lenza...

3 comentários:

  1. Vengo del blog de Evanir A Viagen y me ha encantado tu Rincón; por lo cual, si no te importa, me hago seguidor de tan bello Espacio, que es el tuyo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo amor Renata e vc sabe que era correspondida...Foi uma ordem passar em Uberaba na volta de Paraty...rs. Era uma mulher que realmente merecia todas as palavras bonitas e toda poesia. Hoje a saudade dela é grande demais, um vazio que não se descreve. Bjo. Kenya.

    ResponderExcluir